Pontos turísticos 


Santuário de Schoenstatt

O Santuário de Schoenstatt, centro de peregrinação e oração, é considerado um local sagrado, visitado por milhares de pessoas  de todo o país, que vêm agradecer, pedir graças ou simplesmente conhecer, pois trata-se de um lugar muito aprazível.

Possui um espaço próprio para abrigar 5000 pessoas sentadas, o maior entre os 150 santuários do mundo.

O local, grande área verde extremamente agradável e bem tratado, é habitado por irmãs e aberto diariamente ao público para visitação e realização de missas.

Foi  fundado em 1972   pela Comunidade das Irmãs de Maria de Schoenstatt.

O movimento de Schoenstatt, presente hoje em mais de 82 países , com mais de 180 santuários, nasceu de uma história muito bonita, da mais pura e genuína fé.

A capela, é uma reprodução fiel da que existe em Schoenstatt, cidade localizada na Alemanha.

Seu fundador, o Pe José Kentenich, nasceu em 18 de novembro de 1885 na Alemanha.

Em 1914, época em que iniciou-se a primeira guerra mundial, ele dirigia um seminário na cidade de Schoesntatt. As enormes dificuldades trazidas pela guerra, tornaram difíceis os encontros dos seminaristas orientados por ele, que passaram a se encontrar numa pequena capela abandonada nas proximidades.

Por ser muito devoto de Maria Santíssima, o Pe José sugeriu que, através de orações, união, sacrifícios e ajuda mútua a Mãe de Deus poderia ser atraída para lá e então o local tornaria um Santuário de Graças.

Com este compromisso denominado de Aliança do Amor, nasceu, em 18 de outubro de 1914 o Santuário de Schoenstatt, que devido aos testemunhos de muitos jovens, foi se tornando conhecido e procurado por muitos devotos que queriam louvar e dar glórias a Nossa Senhora.

Anos mais tarde, em 1941, ele foi preso pela GESTAPO e enviado a um Campo de Concentração em Dachau, onde permaneceu até 1945. Mesmo nestes anos difíceis, continuou dando testemunho de sua absoluta fé em Deus e em Nossa Senhora.

Em 1951 foi enviado aos U.S.A. , ficando separado de sua obra, para a qual retornou em 1965, para consolidar ainda mais o movimento já espalhado e difundido pelo mundo inteiro.

O Pe José Kentenich faleceu aos 83 anos, em 15 de setembro de 1968, deixando-nos o legado que foi sua obra, que continua a ser desenvolvida em todo mundo, louvando a Nossa Senhora de Schoenstatt  e atraindo pessoas que têm fé nas suas graças e bênçãos.

O acesso ao Santuário é pela Rodovia Dom Pedro I, Km 78 .

Horário das missas : todos os dias às 7:00hs e domingos às 7:00hs e às 14h30hs.

Informações: 4414 4212 ou 4414 4200