ENTREVISTA

    

Dirceu Aparecido de Oliveira

Presidente da AMADA

Perfil:

Nome: Dirceu Aparecido de Oliveira
Estado civil: casado (1980), um casal de filhos
Idade: 44 anos
Naturalidade: Atibaia

AM – Você é presidente e um dos fundadores da AMADA. Pode nos explicar como ela surgiu e quais os objetivos?
DO – A AMADA (Associação de Moradores e Amigos de Alvinópolis), surgiu com o propósito de tornar os locais públicos e ambientes do bairro em um lugar familiar, onde a comunidade pudesse se divertir e freqüentar com segurança. Eu tinha filhos pequenos, que ficavam em casa por medo de ir às praças, ou brincar na rua. Então, em 2002 criamos a AMADA, para lutar por melhores condições para o bairro.

AM – Vocês tiveram ajuda da prefeitura?
DO – Na ocasião o prefeito era o Beto Tricoli. Obtivemos o aval da Prefeitura para funcionar como utilidade pública e o apoio do Conselho de Segurança da Cidade, nos orientando para fundar uma associação de moradores. A sede também foi doada pela prefeitura, então não pagamos aluguel, nem água, nem luz e nem impostos.

AM – O que é preciso fazer para se associar à AMADA?
DO – É uma entidade sem fins lucrativos, e ainda não há como os associados participarem financeiramente. Contamos com a ajuda de pessoas e empresas que querem e podem colaborar com doações.

AM – Há algum tipo de evento que a AMADA realiza?
DO – Sim, fazemos cursos e eventos gratuitos, como hotelaria, turismo, barmen, dança, xadrez, garçon e garçonete, fotografia, artesanato e outros.

AM – Quantas pessoas a AMADA já atendeu?
DO – A AMADA já atendeu mais de 1000 pessoas.

AM – Quantas pessoas há no bairro de Alvinópolis?
DO – O bairro tem 64 ruas, começa na Carvalho Pinto, sobe pela Av. São Paulo, desce pela Faria Lima, vem até a Ativa, o Compre Bem e volta na Carvalho Pinto. Como nosso comércio é muito desenvolvido e somos uma associação, atendemos também os bairros vizinhos, totalizando mais ou menos 30 mil pessoas. Por volta de 15 mil moram no bairro. É um dos mais povoados de Atibaia.

AM – Fale um pouco mais sobre o Alvinópolis.
DO – Somos um bairro misto, comercial e residencial. Temos atividades freqüentes (uma agenda de eventos), em parceria com a Prefeitura. Houve um Circuito Cultural, com o show dos “Travessos”, curso de teatro para jovens, atividades para a terceira idade, esportes no ginásio, Reveillon, Dia da Criança,encontros para diabéticos e pessoas com necessidades especiais, enfim, muitas coisa feitas para  a comunidade.

AM – A organização dessas atividades conta com quantas pessoas?
DO – Mais ou menos umas 30 pessoas ajudam diretamente. E graças ao orçamento participativo da prefeitura, temos conseguido muitas benfeitorias para o bairro.

AM – O que você acha que o bairro mais precisa?
DO – Precisa de segurança, mais locais para lazer da comunidade e mais atividades voltadas para a cultura. Já temos escolas, bancos, Posto do INSS, Hotel, estádio, um comércio bem ativo. É um bairro privilegiado.

AM – Como se deve proceder para entrar em contato a AMADA?
DO – A sede fica na Praça Alvise Abramo, no fim da Gertrudes. É só falar com a Rosângela, no telefone  4413.2282 (pela manhã). Junto com o Centro Comunitário, há uma Biblioteca disponível para os moradores e cidadãos.

AM – Quer deixar uma mensagem?
DO – Sim. O nosso objetivo principal é dar qualidade de vida aos nossos familiares, amigos e moradores de Alvinópolis. 

 
 
NA MÍDIA
   Notícias do dia
   Banco de Notícias
 
 
Newsletter
Cadastre-se
    Email:

DESTAQUES
 
Imóveis
Oportunidades para locação
   
Casarão no centro para qualquer tipo de negócio

Veja mais informaçães

 
Tecnologia
Baixe nosso app no seu celular e acesse as informações da cidade
 
Jornais
 
Clique aqui para acessar as versões digitais do Jornal Atibaia Mania
 
Especiais
 
Confira matérias exclusivas do Atibaia Mania
 
 
Desenvolvido para visualização em resolução mínima de 1024x768.