ENTREVISTA

     Rose Daré
Candidata a Deputado Estadual

Perfil

Nome: Rosemeire Daré

Idade: 43 anos

Formação: Superior completo

Profissão: Advogada

Família: tenho 3 filhos, Rafael com 25 anos, Rachel com 13 e Renan com 14

Naturalidade: São Paulo

Hobby: gosto muito de ler e de trabalhos manuais

Eleições 2010

AM - Você vai concorrer nas eleições 2010 a que cargo?

RD: Deputada Estadual

AM - Qual é a plataforma política da campanha? O que vai ser proposto à sociedade? Em especial a que regiões?

RD: Atibaia sofre com algumas deficiências que, na minha opinião, precisam ser supridas com a eleição de um deputado da nossa cidade.

Um exemplo visível e bastante simples diz respeito a moradia. Temos uma carência enorme de  casas populares em nossa cidade e acredito que só com a intervenção direta de um deputado essa situação pode ser mudada .

Existem ainda questões habitacionais na cidade que precisam ser revistas e somente com a pressão de um deputado é que poderemos reformular. Essas questões atingem a população de baixa renda ou classe media baixa que se vêem presas a um sistema que não lhes dá oportunidade de crescimento. Só a título de exemplificação  posso citar que os financiamentos de casa própria na nossa cidade,  pelo banco oficial, só acorre no percentual de 100% em imóveis de até R$ 80 mil, imóvel esse que praticamente não existe aqui.

Tomei o cuidado de verificar o porquê desse valor e descobri que Atibaia esta classificada pela instituição financeira para essa faixa.

Perguntei então: mas praticamente não temos imóveis nesse valor de R$ 80 mil em Atibaia como fica? A resposta foi: vontade política.

Como pode a cidade de São Paulo ou a nossa vizinha Guarulhos  ter um teto maior que o nosso. Cadê a oportunidade para nossa gente ?

Outra questão que me preocupa muito é a segurança.

Nossa cidade  esta localizada no cruzamento de duas rodovias importantíssimas mas a nossa policia não recebe do governo do estado a atenção que merece.

Nossos policiais dessa cidade lutam bravamente e diariamente em nosso favor, mas com pouca estrutura e pessoal.

Por que não podemos ter um algo mais ? Por que não podemos ter pelo menos o mesmo da nossa vizinha Bragança Paulista ?  Cadê a nossa delegacia da mulher que foi embora ?

Precisamos de um deputado com absoluta certeza pois essas questões não dependem do governante  local e sim de alguém que fique dia e noite pleiteando em favor de Atibaia junto ao governo estadual.

E assim vão tantas outras questões.

Acredito que o deputado estadual da nossa cidade deverá fazer um trabalho em parceria com o prefeito local e das nossas vizinhas objetivando trazer  tudo o que de melhor nós merecemos. E SÓ VALE O MELHOR 

AM - Quantos votos são necessários para se eleger?

RD: Meu partido fará deputado estadual com 20 mil votos

AM - Como será feito o financiamento da campanha?

RD: Farei uma campanha entre amigos e simpatizantes. Tenho sido procurada por varias pessoas dispostas a ajudar. Toda doação será objeto de ampla divulgação com detalhamento posterior em prestação de contas. Faço absoluta questão de transparência. 

AM – Qual é a sua experiência política ? Já ocupou algum cargo e/ou já disputou alguma eleição ?

RD: Estou engajada na política há aproximadamente 10 anos. Concorri as eleições de 2006 para vereadora e em 2008 acabei não disputando a eleição em razão de compromissos profissionais anteriormente assumidos.

Por uma questão que por hora prefiro não comentar, mas saliento que apesar de ter desistido na última hora da eleição, tal fato não ocorreu por mera liberalidade.

AM - Se eleita, em 2012 vai se candidatar à Prefeitura, nesse caso deixando o cargo?

RD: Não nego que tenho pretensões futuras quanto á prefeitura, mas acredito que essa será uma questão a ser discutida na época própria. Hoje pleiteio uma vaga na assembléia como deputada estadual, e é nisso que estou focada. No futuro, caberá ao grupo de apoio a escolha do melhor nome para disputar a cadeira da prefeitura em 2012. Acredito que as coisas devem ser sempre dirigidas para o bem da nossa cidade. Apoiarei a decisão do grupo, seja qual for.

AM - Qual é o seu planejamento político para os próximos anos?

RD: A minha luta tem sido dura. Como mulher já sofri preconceito dentro do meio político, discriminações e confesso que nem sempre fui vista como uma futura opção para essa cidade . Infelizmente para alguém novo na política é muito difícil  entrar e ser respeitado e, para uma mulher, a situação fica pior ainda. É como se nós fossemos menores, inferiores, o que não é verdade. Usa-se tudo contra nós (mulheres). Desde exclusão até chantagens. Falo isso porque vivi na pele. Confesso que após a eleição de 2008 cheguei a ficar um pouco desanimada e não conseguia achar um caminho, mas graças a DEUS numa bela manhã de uma segunda-feira recebi um telefonema de um amigo me oferecendo a presidência do PTC (Partido Trabalhista Cristão). Não hesitei, pois vi naquela oportunidade uma porta aberta para a minha até então solitária caminhada.

Montei uma equipe, determinada a fazer nessa cidade um trabalho diferenciado. Sonho com uma Atibaia onde todos sejam assistidos de forma igualitária, sem revanchismo, sem perseguições, onde as pessoas possam dar o melhor de si sem se preocupar com siglas partidárias.

Caso obtenha êxito nas próximas eleições darei o melhor de mim, mas se não for ainda a hora não vou desistir. Outras eleições virão, acredito que a semente que plantei lá trás, logo começará a dar frutos.

AM – Como o seu partido está estruturado em Atibaia (e região) ?

RD: Nosso partido é pequeno. Na nossa cidade a sigla fez parte da coligação do atual prefeito mas não apresentou nenhum candidato a vereador. Foi por essa razão que o diretório estadual fez a redistribuição da sigla. Estou fazendo um intenso trabalho de filiações partidárias objetivando lançar candidatos a vereadores.

Na região temos o mesmo quadro.

Sinceramente, acho que de certo modo uma sigla pequena até facilita, já que para fazer um deputado o coeficiente será de aproximadamente 20 mil votos.

Para nós de Atibaia acredito que talvez essa seja uma grande chance.  

AM - Como você avalia o governo Denig?

RD: Gosto muito do Denig. Um homem tranqüilo e sensato. Entretanto, tenho a impressão de que em alguns momentos ele não é ele mesmo. Toma algumas atitudes que não condizem com o que ele realmente é. Torço por ele e espero que ele possa se desvencilhar de algumas situações, vínculos e acordos que ele acabou herdando e conseqüentemente tendo que assumir do governo anterior. 

AMNo mapa para a eleição de 2010, como você avalia a candidatura de Beto Trícoli (e de outros candidatos da cidade) ?

RD: Acho fantástico. Atibaia esta chegando a um nível político extraordinário. Temos atualmente dois candidatos da cidade a deputado federal, que é o Promotor Arthur Migliari Junior, do nosso partido (PTC) e que faz parte da minha dobradinha de campanha . Um homem ímpar, culto e que dispensa  qualquer comentário. Temos ainda, para deputado federal o Tiaozinho da Farmácia,  que já foi deputado estadual e também pode acrescentar muito para nossa cidade.

Com relação aos deputados estaduais, Atibaia só não fará deputado se não quiser.

Temos o ex-prefeito que é  uma pessoa com experiência e que acredito que também terá muito a acrescentar.

E, finalmente, tem a minha candidatura, que representa a novidade, o espaço da mulher, a renovação.

Eu tenho duas frases que sempre falo aos meus amigos:

A primeira: "Eu sou o presente que está virando o futuro". E a segunda, aproveitando o espírito da copa do mundo, digo sempre que sou uma espécie de Jabulani, a “que tirou da copa os favoritos”.

Posso não ter a vivência política dos demais, mas sei muito bem distinguir o certo do errado, todos nessa cidade me conhecem. Sou mãe, advogada, empresária, sempre estive voltada para o bem dessa cidade. Não encontro uma única razão sequer que me faça acreditar que não posso fazer o melhor por cada um de nós.

Tenho andado muito e as pessoas estão sedentas do novo. Acho que apesar de no início da minha jornada política ter sofrido discriminação por ser mulher. Hoje esse aspecto tem me favorecido. As mulheres são mais sensíveis, mais fáceis no quesito agregação. Acredito que o momento político está propício para as mulheres. Basta ver que, dos três principais candidatos á presidência, 2 são mulheres.

As pessoas me abraçam na rua e dizem "tem que ter uma mulher".

As pessoas são maravilhosas. Perfeitas criaturas de DEUS.

AM – Deixe sua mensagem para o povo de Atibaia.

RD: Tenho pedido muito a DEUS para que me dirija nessa caminhada. O povo dessa cidade precisa de carinho. Trabalho com obras sociais há mais de 20 anos e cheguei num momento em que, ou eu me conformava em cuidar de 20/30 crianças ou entrava para a política e ampliava a minha visão. Optei por ampliar minha visão. Optei por não me conformar com o "fazer pouco".  Não gostaria de ser tratada como candidata da situação, ou oposição. O que essa cidade precisa é de pessoas que sejam a favor. A FAVOR DE ATIBAIA. 

VOTEM EM CANDIDATOS DE ATIBAIA!

Situação da candidatura:

Veja também:

Censo da cidade

Resultado das últimas eleições

Matérias Especiais do Atibaia Mania

 
 
NA MÍDIA
   Notícias do dia
   Banco de Notícias
 
 
Newsletter
Cadastre-se
    Email:

DESTAQUES
 
Imóveis
Oportunidades para locação
   
Casarão no centro para qualquer tipo de negócio

Veja mais informaçães

 
Tecnologia
Baixe nosso app no seu celular e acesse as informações da cidade
 
Jornais
 
Clique aqui para acessar as versões digitais do Jornal Atibaia Mania
 
Especiais
 
Confira matérias exclusivas do Atibaia Mania
 
 
Desenvolvido para visualização em resolução mínima de 1024x768.