PERSONA

PROF. Dr FLÁVIO PIRES DE CAMARGO

Descendente de tradicionais  famílias paulistanas : os PIRES de origem portuguesa  e os CAMARGO de origem espanhola que travaram no século XVII uma sangrenta e  acirrada disputa política na então Província de São Paulo, que culminou após um armistício que teve a intervenção de Fernão Dias Paes com a união das duas famílias originado o Título: Pires de Camargo. Nasceu em 29 de Janeiro de 1916 sendo  um dos seis filhos de Francisco Pires de Camargo e Albertina Mieli Pires. 

Permaneceu em sua querida Atibaia onde cursou o Grupo Escolar  indo depois para São Paulo onde prosseguiu seus estudos como interno no Colégio Arquidiocesano até se inscrever no curso Pré-médico.

Prestou exame de admissão à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1935 tendo sido aprovado em 1o-lugar. Diplomado em 1941, na 28ª turma da Faculdade de Medicina, fez seu aprendizado básico em cirurgia geral na 1a Clínica Cirúrgica ( Serviço do Prof. Alípio Correia Neto, onde iniciou suas atividades como acadêmico e da qual foi Médico Assistente em 1942.

Em 1943, por influência de seu primo o eminente Prof. Francisco Elias de Godoy Moreira, passou a  Assistente da Clínica Ortopédica da FMUSP, vindo a se tornar o seu mais estreito colaborador na imensa obra que o Prof. Godoy Moreira iria realizar que seria a edificação do prédio do atual Instituto de Ortopedia e Traumatologia  do Hospital das Clínicas  com 300 leitos  dedicados à especialidade lançando as bases  para  um dos maiores e mais avançados  centros do mundo dedicados ao tratamento das afecções e traumatismos  do aparelho locomotor.  

Em 28/03/1944 realiza a 1a- operação do Hospital das Clínicas da FMUSP no 5o-andar onde se situava na época a Clínica Ortopédica em um caso de esmagamento de perna. Aprimorando-se continuamente na sua especialidade galga todos os postos da carreira universitária, iniciando-a como 3o-Assistente da Faculdade de Medicina em 1944, passando sucessivamente a 2o e 1o- Assistente e após sua Livre –Docência em 1952 tornou-se Chefe de Clínica .:

Quando  da aposentadoria do Prof. Godoy Moreira em 1966 substitui-o como Regente de Cátedra até o concurso de títulos e provas realizado em 1968 quando passou  a Professor Catedrático, cargo que ocupou durante 17 anos, sendo o último Professor a receber este título na Faculdade de Medicina.

Sob a sua chefia, a Clínica Ortopédica passa a Departamento, o primeiro na especialidade existente no país. A partir de 1969 dá grande impulso às atividades científicas do Departamento, incentivando seus assistentes a seguirem a carreira universitária, sendo que sob o seu comando o Departamento se estrutura convenientemente possibilitando a formação de Doutores e Professores Livre-Docentes.

Foi o pioneiro em várias áreas  dentro da Ortopedia e Traumatologia  destacando-se :

1. Traumatologia: Osteosíntese intramedular a foco aberto com modificação da haste de Kunstcher (2 janelas).  Idealizador de uma modificação desta haste que deu origem ao pino travado.

2. Ortopedia Pediátrica: Trabalhos sobre a moléstia de Perthes (vascularização/enxerto por inversão). Cirurgia para a Pseudoartrose Congênita da Tíbia.

3.   Banco de Tecidos : Um dos primeiros a empregar  no nosso País em  1952  enxerto ósseo maciço congelado na reconstituição das ressecções de tumores ósseos.   

4. Coluna Vertebral : Introdutor no nosso país da técnica de Osteotomia da Coluna na Espondilite Anquilosante.

5. Tumores Ósseos: Foi o primeiro a realizar cirurgias conservadoras para os sarcomas ósseos, tendo realizado em 1952 uma das primeiras endopróteses não convencionais no nosso país.   Destaque especial para o uso de metilmetacrilato como adjuvante no tratamento das lesões ósseas cavitárias benignas  reconhecido mundialmente como um dos introdutores deste método  atualmente empregado em todos os centros oncológicos

6. Artroplastia de Quadril e Joelho: além de ser um dos primeiros a realizar artroplastia total de quadril, tipo Mckee Farrar idealizou uma via de acesso   postero-lateral  hoje largamente empregada em nosso meio. Da mesma forma realizou as primeiras artroplastias de joelho ainda com as próteses de acrílico tipo Valdius.

Seu profícuo trabalho em prol  do ensino da ortopedia permitiu que centenas de jovens de todos os estados do país com a criação da Residência Médica em Ortopedia e de bolsistas  pudessem se especializar consolidando assim uma área médica ainda incipiente em nosso meio mantendo coesa a Escola do Prof. Godoy Moreira  que passou de cinco assistentes iniciais aos quase cento e cinquenta atuais.

Autor de uma abrangente publicação científica dentro da ortopedia em várias linhas de pesquisa com alguns trabalhos inéditos  e inovadores que se tornaram uma norma de conduta dentro da especialidade.  

Mesmo após se tornar Professor Catedrático com todos os encargos acadêmicos e administrativos  continuou atendendo com o mesmo entusiasmo e dedicação os seus pacientes mais carentes que diariamente o procuravam além da atenção especial que prestava aos seus conterrâneos de Atibaia onde teve também uma extensa atividade  social ajudando na estruturação do serviço médico e hospitalar desta cidade.

Disciplinador e auto-disciplinado ,  personalidade cativante ,de princípios rígidos e de uma franqueza e transparência em suas  atitudes e pensamentos   soube conduzir os destinos do Departamento e do Instituto de Ortopedia até que aposentou aos 69 anos de idade em 1985, passando o cargo ao seu   mais fiel seguidor o Prof. Manlio Napoli .

Faleceu dia 24 de março de 1999,de enfizema pulmonar, aos 83 anos de idade no Instituto de Ortopedia da FMUSP prédio que ajudou a construir sendo sepultado em sua querida Atibaia, deixando além de sua esposa D. Neusa,  três filhos: Rita Maria ,Regina Maria e Olavo ,oito netos e dois bisnetos.  

 

Olavo Pires de Camargo
Professor Titular

Faculdade de Medicina da USP

 

 
NA MÍDIA
   Notícias do dia
   Banco de Notícias
 
 
Newsletter
Cadastre-se
    Email:

DESTAQUES
 
Imóveis
Oportunidades para locação
   
Casarão no centro para qualquer tipo de negócio

Veja mais informaçães

 
Tecnologia
Baixe nosso app no seu celular e acesse as informações da cidade
 
Jornais
 
Clique aqui para acessar as versões digitais do Jornal Atibaia Mania
 
Especiais
 
Confira matérias exclusivas do Atibaia Mania
 
 
 
 
Desenvolvido para visualização em resolução mínima de 1024x768.